UM BLOG A SERVIÇO DE CRISTO

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

186 - AOS QUE AMAM A DEUS!


“Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus” Rm 8:28

Essa promessa é condicional.

Quem não ama a Deus e, portanto, não está interessado em conhece-Lo, nem em crescer espiritualmente, não deve esperar que todas as coisas cooperem para seu bem, porque às vezes esse “bem” é a aprendizagem de uma lição, ou um aprofundamento de caráter que ocorrem como resultado do sofrimento.

Do ponto de vista de Deus se, passando por determinada situação, aprendemos a ser pacientes, houve um “bem”.

Se aprendemos a amar pessoas desagradáveis, houve um bem.

Deus valoriza muito mais o caráter que riquezas, preeminência, saúde e tantas outras coisas que consideramos valiosas.

O “bem” que fala Romanos 8:28 não é, necessariamente, aquela história do homem que perdeu o emprego e, no fim, arranja um melhor.

Pode ser o homem que perdeu o emprego e aprendeu profundamente o que significa viver pela fé dia a dia.

O ‘bem” de Romanos 8:28 não é necessariamente aquela história de uma jovem que perdeu o noivo, mas encontrou outro melhor ainda.

Pelo contrário, pode ser a de uma mulher que, antes de encontrar o parceiro ideal, teve que aprender a ter calma, perseverança e confiança em Deus.

A felicidade, como Deus a definiria, “é um estado de bem-estar sentido bem no fundo do coração”.

Seu contexto é muito mais amplo do que meras circunstâncias.

Seu efeito sobre as emoções vai muito além de uma empolgação momentânea.

E não é mediante a aquisição de mais bens que a obteremos.

Tampouco ela é a modificação de situações negativas.

A felicidade que Deus almeja para Seus filhos se obtém mediante o processo de amadurecimento espiritual.

Fora disso, não existe felicidade permanente.

O crescimento espiritual é imperativo.

Este é, pois, o meio pelo qual Deus nos mantém atentos aos Seus propósitos para nossa vida.

Quando permitimos que Deus ordene nossas prioridades, a adversidade assume um significado bem diferente.

Vemo-la como parte da operação do Senhor em nossa vida.

Começamos a entender que, às vezes, ela é o meio por que obtemos maior gozo e paz.

Não entramos em pânico, conseguimos nos regozijar porque estamos certos que o Pai começou um processo pelo qual vai trazer novo bem à nossa vida.

Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.escolanodeserto.blogspot.com/


*VISITE TAMBÉM: SEMEANDO A VERDADEIRA DOUTRINA DE CRISTO - http://eldersacalcunha.blogspot.com/ VALE A PENA. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 comentários :

Heitor Lima disse...

Olá, tudo bem?!
Você me convidou para visitar seu blog através do meu perfil na UBE e aqui estou :D
Gostei MUITO do seu blog, desde o lindo layout até as edificantes postagens.
Espero uma visita sua.
Abraço :D

Sílvia Helena Oliveira disse...

Adorei o blog, parabéns!

Visite: http://aivlis-aivlisaneleh.blogspot.com

PR JOSÉ MAURO disse...

Show o seu blog irmão, parabéns... Deus te abençoe, voltarei lá mais vezes.

http://jmaurost.blogspot.com

IPF BETEL disse...

Parabéns pelo blog! Nesta postagem é dito que a promessa é condicional, ou seja, há uma certa dependência humana concernente ao amor a Deus. O texto de 1 João 4.19 nos diz: "Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro". Pois bem, se há condições da parte do ser humano para com o amor a Deus, como fica o "amar primeiro" que João diz?
Obrigado.

Regina Helena disse...

Como é bom confiar e experimentar a inquestionável verdade: 'tudo coopera para o nosso bem'. Louvado seja o nosso Deus Soberano, que zela com tanto amor por nós, evidenciando a Sua imensurável misericórdia.

Gostaria que lesse esta meditação e que ela sirva pra sua edificação:
http://destilardosfavos.blogspot.com/2011/09/duvidas-quem-nao-as-tem.html

Grande abraço e que tudo seja pra honra e glória do nosso amado Pai!
Regina Helena

Template Rounders modificado por ::CAMINHO PLANO::
| 29/11/2008 |