UM BLOG A SERVIÇO DE CRISTO

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

250 - CINCO ANOS NO CAMINHO



"O CAMINHO DO JUSTO É TODO PLANO; O SENHOR RETAMENTE PESA SEU ANDAR” (Isaías 26: 7)

A exatos cinco anos passados fortes ventos revelariam em meio a dunas de areias escaldantes de um imenso deserto, um caminho a ser trilhado pelos justos.

Diz a tradição que quando a arca da aliança do SENHOR era deslocada de um lugar para outro, todo monte, outeiro, montanha, abismo e imperfeições do caminho eram aplainados para que o povo de DEUS pudesse viajar sem estorvo.

Foi daí que surgiu a idéia do nome CAMINHO PLANO, um blog a serviço de CRISTO, o verdadeiro e único caminho perfeito e plano que conduz ao PAI.

"PREPARAI O CAMINHO AO POVO; APLAINAI, APLAINAI A ESTRADA, LIMPAI-A DAS PEDRAS; ARVORAI A BANDEIRA AOS POVOS”.(Isaías 62: 10)

Nós do CAMINHO esperamos sinceramente que durante estes cinco anos, tenhamos podido aplainar ainda mais os caminhos de nossos amados irmãos através de postagens que buscaram sempre trazer o amor do verdadeiro evangelho de CRISTO.

Que DEUS abençoe abundantemente a cada amado irmão que visita, que dá uma olhada de vez em quando, que acompanha regularmente, aos que colaboram direta e indiretamente com este humilde espaço;

Enfim, a todos aqueles que divulgam e amam a palavra de DEUS, que persistem em anunciar o evangelho da verdade a toda a criatura em meio a estas tempestades de areias heréticas que tem nos assolado nestes últimos dias.

QUE O JUSTO CONTINUE A SE MANIFESTAR!

Contem sempre conosco.

Fraternalmente irmão Odair Mercham Junior.

Que Deus abençoe a todos.

"O MEU PÉ ESTÁ POSTO EM CAMINHO PLANO; NAS CONGREGAÇÕES LOUVAREI AO SENHOR” (Salmos 26: 12)


*VISITE TAMBÉM: UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 23 de novembro de 2013

249 - SINTONIZADO


É preciso ouvir a voz de Deus todos os dias, e querer ouvir a Sua voz a respeito de TUDO.

Para ouvir a Deus, precisamos estar dispostos a esperar pela sabedoria, movidos por uma paixão de querer a vontade Dele mais que qualquer outra coisa.

Ouviremos Deus muito mais claramente se estivermos determinados a não nos mover no calor das nossas emoções e desejos.

Seremos abençoados se esperarmos e nos certificarmos de que ouvimos a Deus antes de dar qualquer passo.

Só então devemos fazer o que Deus nos instruindo a fazer, mesmo que nos doa, mesmo que nos custe algo.
Aprenda a esperar.

As emoções que sobem e nos enchem de energia cairão, e a energia emocional não nos levará para onde realmente precisamos ir.

Precisamos da energia de Deus, que é a determinação do Espírito Santo para avançarmos e fazermos o que Deus disse.

Deus tem uma vontade e um plano para todas as pessoas.

Cada pessoa precisa descobrir o que Deus quer que ela faça, e depois esperar o tempo ele para fazê-lo.
D

“Como é feliz o homem que me ouve, vigiando diariamente à minha porta, esperando junto às portas da minha casa. Pois todo aquele que me encontra, encontra a vida e recebe o favor do Senhor. Mas aquele que de Mim se afasta, a si mesmo agride.” Pv 8:34-36.

Podemos perder o melhor de Deus por estarmos com pressa de conseguirmos o que qeremos.

Se não esperarmos, principalmente nas áreas mais importantes, traremos problemas às nossas vidas. 

PACIÊNCIA é estar cada vez mais sintonizado com Deus em todo o tempo.


Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.poratalalma.com.br/


*VISITE TAMBÉM:
UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 16 de novembro de 2013

248 - GRAVADO NAS MÃOS DE DEUS


“Para onde poderia eu escapar do Teu Espírito? 

Para onde poderia fugir da Tua presença? 

Se eu subir aos céus, lá estás; se eu fizer a minha cama na sepultura também lá estás. 

Se eu subir com as asas da alvorada e morar na extremidade do mar, mesmo ali a Tua mão direita me guiará e me susterá.” (Salmos 139: 7-10)

Às vezes tentamos arduamente entrar na presença de Deus, mas a verdade é que é impossível se esconder Dele.

Ele está constantemente nos buscando.

Talvez você sinta que o Senhor não está perto de você, mas é por isso que é tão importante conhecer a Palavra.

O profeta Isaías fez uma reclamação perante o Senhor, contando-lhe o que o Seu povo dizia:

 “Mas Sião diz: O Senhor me desamparou, o Senhor se esqueceu de mim”.

E o Senhor responde ao povo

“Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? 

Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. 

Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei; os teus muros estão continuamente perante mim” (Isaías 49: 14-16).

Os pais não foram os primeiros a terem a ideia de carregar sempre fotos de seus filhos – Deus carrega uma foto de Seus filhos por toda a parte.

Da próxima vez que questionar seu valor como pessoa, lembre-se que Deus tem uma foto sua gravada nas palmas de Suas mãos.


Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.poratalalma.com.br/


*VISITE TAMBÉM:
UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 9 de novembro de 2013

247 - VIVA O PRESENTE!



 “Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.”  (Mt 6:34)

Ansiedade é partir mentalmente de onde se está e ir para o futuro.

Uma das coisas que precisamos entender é que Deus quer que aprendamos a ser pessoas que vivem o momento presente.

Muitas vezes passamos o tempo no passado ou no futuro.

Precisamos aprender a viver o agora – mentalmente e também física e espiritualmente.

Há uma unção para o dia de hoje.

Em João 8:58, Jesus se refere a Si Mesmo como o EU SOU.

Se você e eu, como Seus discípulos, tentarmos viver no passado ou no futuro, vamos ter uma vida bem difícil porque Jesus sempre esta no presente.

Foi isso o que Ele quis dizer quando falou em Mateus 6:34:  

“Não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal”.

 Jesus nos disse claramente que não precisamos nos preocupar com nada.

Só temos de buscar o reino de Deus, e Ele nos acrescentará tudo o que precisamos, quer seja alimento, roupas, abrigo ou crescimento espiritual (ver Mateus 6:25-33).

Não precisamos nos preocupar com o dia de amanhã, porque amanhã terá os seus próprios problemas.

Precisamos concentrar nossa atenção total no dia de hoje e parar de ser tão intensos e preocupados.

Acalme-se e relaxe! Ria mais e preocupe-se menos.

Pare de arruinar o dia de hoje se preocupando com o amanhã.

Nós precisamos parar de perder o nosso precioso “agora”, porque ele nunca mais voltará.

Da próxima vez que você for tentando a ficar ansioso ou chateado com alguma coisa especialmente se for algo do passado ou sobre o futuro – pense no que está fazendo e volte sua atenção ao que está acontecendo hoje.  

Aprenda com o passado e prepara-se para o futuro, mas viva no presente.


Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.jesusvivemmim.blogspot.com/


*VISITE TAMBÉM: PC AMARAL - http://www.blogdopcamaral.blogspot.com/ VALE A PENA. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 2 de novembro de 2013

246 - CONVERSANDO COM DEUS


“E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos.” (Mateus 6:7)

Temos que aprender a confiar na oração simples e cheia de fé.

Precisamos confiar que mesmo se dissermos apenas, “Deus, me ajude,” Ele ouve e vai responder nossa oração.

Podemos contar que Deus será fiel em fazer o que lhe pedimos, desde que nosso pedido esteja de acordo com a Sua vontade.

Muitas vezes ficamos presos nas nossas muitas palavras quando vamos orar.

Às vezes perdemos de vista o fato de que a oração é simplesmente uma conversa com Deus.

A duração, o volume e a eloquência de nossa oração não é a questão; é a sinceridade do nosso coração e a confiança que temos de que Deus ouve e nos responde que é importante.

Às vezes tentamos soar tão devotos e elegantes que nos perdemos.

Se conseguíssemos nos livrar de tentar impressionar a Deus, estaríamos muito melhor.

A Primeira Epístola aos Tessalonicenses 5:17 diz: “Orem continuamente”, ou como diz a versão Almeida Atualizada: “Orai sem cessar”.

Se não entendemos que a oração deve ser simples e cheia de fé, essa instrução pode nos parecer um fardo muito pesado de se carregar.

Talvez sintamos que estamos nos saindo muito bem se orarmos por trinta minutos por dia, então, como poderíamos orar sem parar

Precisamos ter tanta confiança na nossa vida de oração a ponto da oração ser como respirar, algo que fazemos sem esforço, a cada momento que estamos vivos.

Não nos esforçamos e batalhamos para respirar, a não ser que tenhamos um problema nos pulmões, e tampouco deveríamos batalhar e ter dificuldade em orar.

Acredito que não teríamos nenhum problema nessa área se realmente entendêssemos o poder de uma oração simples e cheia de fé.

Deveríamos nos lembrar de que a oração é poderosa quando é sincera e sustentada pela fé.


 Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.poratalalma.com.br/


*VISITE TAMBÉM:
UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 27 de outubro de 2013

245 - NA FORJA DAS TRIBULAÇÕES


“Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.”  (Tiago 1.2-4)

Tiago, irmão de Jesus, escreveu uma carta aos cristãos que estavam sofrendo perseguição.

Eles haviam sido expulsos de Jerusalém e deixado para trás seus bens, familiares e amigos.

Estavam começando vida nova em outro lugar, e precisavam construir novos relacionamentos, redefinir sua carreira profissional e ainda por cima se defender dos ataques daqueles que se opunham à sua fé em Jesus Cristo.

Um dos conselhos de Tiago para aqueles cristãos em situação tão adversa foi que deveriam receber com alegria as tribulações e provações que a vida colocava diante deles.

Tiago justificou seu conselho apresentando três conseqüências das tribulações.

As tribulações provam a nossa fé, isto é, revelam a qualidade dos alicerces onde construímos nossas vidas.

Outra maneira de dizer isso é que as tribulações nos mostram quem de fato somos.

Muitas pessoas vivem iludidas em relação a si mesmas, e por esta razão constroem suas vidas em alicerces falsos – e vice-versa.

Cedo ou tarde estes alicerces são desmascarados e tudo o que está sobre eles pode ruir, como por exemplo: auto-estima, esperança, prazer de viver, relacionamentos, sonhos de futuro, carreira profissional. 

As situações da vida que confrontam nossos alicerces existenciais são de fato oportunidades extraordinárias para nos reinventarmos, tanto substituindo o que identificamos como inadequado, quanto no desenvolvimento do que identificamos frágil.

As tribulações produzem perseverança, isto é, nos fortalecem para enfrentar a vida.

O ditado popular diz que “Deus dá o frio conforme o cobertor”.

Acredito nisso.

 Acredito que o exercício de viver nos coloca diante de desafios proporcionais à maturidade. 

Uma é a dificuldade da criança, outra, do adolescente, e outra, dos adultos que já não acreditam em Papai Noel e já deixaram a prepotência juvenil de lado. 

As dificuldades que enfrentamos no caminho nos ajudam a encarar a vida e continuar andando rumo ao futuro desejado. 

À medida que vamos encarando e superando as tribulações, vamos perdendo o medo de cara feia, até que a vida mostra sua face mais terrível e se surpreende com nossa capacidade de superá-la.

Finalmente, as tribulações nos fazem pessoas maduras e íntegras, sem falta de nada. 

Atravessar tempos difíceis exige de nós a descoberta e o desenvolvimento de recursos interiores.

As tribulações nos tiram todos os pontos externos de apoio: nos sentimos solitários, incompreendidos e injustiçados; perdemos posição, status e privilégios, além de dinheiro e conforto; e descobrimos que as bases onde escorávamos nossa identidade e as fontes de onde tirávamos forças para viver eram falsas ou insuficientes.

Nesse momento, olhamos para dentro e para o alto.

E descobrimos uma fé mais amadurecida, que nos aproxima mais de Deus, e recebemos a coragem de continuar vivendo.

Estranhamente, vamos percebendo que precisávamos de bem menos do que imaginávamos para a nossa felicidade, até que surpresos, nos deparamos com a sensação de que muito embora o mundo lá fora esteja em convulsão, o mundo de dentro do coração, está em paz e serenidade.

Quando chegamos nesse ponto de integridade (integralidade) é que passamos a desfrutar dos poucos recursos, dos amigos raros e das pequenas alegrias do dia-a-dia como suficientes para a felicidade.

Aí sim, somos homens e mulheres de verdade.

Construídos na forja das tribulações. Livres das ilusões. Prontos para viver, dar e construir.


Ed René Kevitz.


 Que Deus abençoe a todos.


 *VALE A PENA, VISITE TAMBÉM: PÚLPITO CRISTÃO - http://www.pulpitocristao.com/  VALE A PENA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 20 de outubro de 2013

244 - COMO ASSIM, “NÃO TOQUEIS NO UNGIDO DO SENHOR…” ?!


Há várias passagens na Bíblia onde aparecem expressões iguais ou semelhantes a estas do título desta postagem:

"A ninguém permitiu que os oprimisse; antes, por amor deles, repreendeu a reis, dizendo: Não toqueis nos meus ungidos, nem maltrateis os meus profetas." (1Cr 16:21-22; cf. Sl 105:15).

Todavia, a passagem mais conhecida é aquela em que Davi, sendo pressionado pelos seus homens para aproveitar a oportunidade de matar Saul na caverna, respondeu

"O Senhor me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, isto é, que eu estenda a mão contra ele [Saul], pois é o ungido do Senhor." (1Sm 24:6).

Noutra ocasião, Davi impediu com o mesmo argumento que Abisai, seu homem de confiança, matasse Saul, que dormia tranquilamente ao relento

"Não o mates, pois quem haverá que estenda a mão contra o ungido do Senhor e fique inocente?" (1Sm 26:9). 

Davi de tal forma respeitava Saul, como ungido do Senhor, que não perdoou o homem que o matou

“Como não temeste estender a mão para matares o ungido do Senhor?” (2Sm 1:14).

Esta relutância de Davi em matar Saul por ser ele o ungido do Senhor tem sido interpretado por muitos evangélicos como um princípio bíblico referente aos pastores e líderes a ser observado em nossos dias, nas igrejas cristãs.

Para eles, uma vez que os pastores, bispos e apóstolos são os ungidos do Senhor, não se pode levantar a mão contra eles, isto é, não se pode acusa-los, contraditá-los, questioná-los, criticá-los e muito menos mover-se qualquer ação contrária a eles.

A unção do Senhor funcionaria como uma espécie de proteção e imunidade dada por Deus aos seus ungidos.

Ir contra eles seria ir contra o próprio Deus.

Mas, será que é isto mesmo que a Bíblia ensina?

A expressão “ungido do Senhor” usada na Bíblia em referência aos reis de Israel se deve ao fato de que os mesmos eram oficialmente escolhidos e designados por Deus para ocupar o cargo mediante a unção feita por um juiz ou profeta.

Na ocasião, era derramado óleo sobre sua cabeça para separá-lo para o cargo.

Foi o que Samuel fez com Saul e depois com Davi.
 
"Então tomou Samuel um vaso de azeite, e lho derramou sobre a cabeça, e beijou-o, e disse: Porventura não te ungiu o SENHOR por capitão sobre a sua herança?" (1 Samuel 10:1) 

"Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá." (1 Samuel 16:13)
Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá.
1 Samuel 16:13

A razão pela qual Davi não queria matar Saul era porque reconhecia que ele, mesmo de forma indigna, ocupava um cargo designado por Deus.

Davi não queria ser culpado de matar aquele que havia recebido a unção real.

Mas, o que não se pode ignorar é que este respeito pela vida do rei não impediu Davi de confrontar Saul e acusá-lo de injustiça e perversidade em persegui-lo sem causa.  
"O Senhor, porém, será juiz, e julgará entre mim e ti, e verá, e advogará a minha causa, e me defenderá da tua mão." (1Sam 24:15)

Davi não iria matá-lo, mas invocou a Deus como juiz contra Saul, diante de todo o exército de Israel, e pediu abertamente a Deus que castigasse Saul, vingando a ele, Davi.  

Julgue o Senhor entre mim e ti, e vingue-me o Senhor de ti; porém a minha mão não será contra ti
1 Samuel 24:
"Julgue o Senhor entre mim e ti, e vingue-me o Senhor de ti; porém a minha mão não será contra ti." (1Sam 24:12)

Davi também dizia a seus aliados que a hora de Saul estava por chegar, quando o próprio Deus haveria de matá-lo por seus pecados.

"E disse Davi a Abisai: Nenhum dano lhe faças; porque quem estendeu a sua mão contra o ungido do Senhor, e ficou inocente? 


Disse mais Davi: Vive o Senhor que o Senhor o ferirá, ou o seu dia chegará em que morra, ou descerá para a batalha e perecerá." (1Sam 26:9-10)

O Salmo 18 é atribuído a Davi, que o teria composto “no dia em que o Senhor o livrou de todos os seus inimigos e das mãos de Saul.”

Não podemos ter plena certeza da veracidade deste cabeçalho, mas existe a grande possibilidade de que reflita o exato momento histórico em que foi composto.

Sendo assim, o que vemos é Davi compondo um salmo de gratidão a Deus por tê-lo livrado do “homem violento”, por ter tomado vingança dos que o perseguiam. 

“O que me livra de meus inimigos; sim, tu me exaltas sobre os que se levantam contra mim, tu me livras do homem violento.” (Salmos 18:48)
“É Deus que me vinga inteiramente, e sujeita os povos debaixo de mim.” (Salmos 18:47)

Em resumo, Davi não queria ser aquele que haveria de matar o ímpio rei Saul pelo fato do mesmo ter sido ungido com óleo pelo profeta Samuel para ser rei de Israel. Isto, todavia, não impediu Davi de enfrentá-lo, confrontá-lo, invocar o juízo e a vingança de Deus contra ele, e entregá-lo nas mãos do Senhor para que ao seu tempo o castigasse devidamente por seus pecados.

O que não entendo é como, então, alguém pode tomar a história de Davi se recusando a matar Saul, por ser o ungido do Senhor, como base para este estranho conceito de que não se pode questionar, confrontar, contraditar, discordar e mesmo enfrentar com firmeza pessoas que ocupam posição de autoridade nas igrejas quando os mesmos se tornam repreensíveis na doutrina e na prática.

Não há dúvida que nossos líderes espirituais merecem todo nosso respeito e confiança, e que devemos acatar a autoridade deles – enquanto, é claro, eles estiverem submissos à Palavra de Deus, pregando a verdade e andando de maneira digna, honesta e verdadeira.

Quando se tornam repreensíveis, devem ser corrigidos e admoestados. Paulo orienta Timóteo da seguinte maneira, no caso de presbíteros (bispos/pastores) que errarem:

"Não aceites denúncia contra presbítero, senão exclusivamente sob o depoimento de duas ou três testemunhas. 

Quanto aos que vivem no pecado, repreende-os na presença de todos, para que também os demais temam" (1Tim 5:19-20).

Os “que vivem no pecado”, pelo contexto, é uma referência aos presbíteros mencionados no versículo anterior.

Os mesmos devem ser repreendidos publicamente.

Mas, o que impressiona mesmo é a seguinte constatação.

Nunca os apóstolos de Jesus Cristo apelaram para a “imunidade da unção” quando foram acusados, perseguidos e vilipendiados pelos próprios crentes.

O melhor exemplo é o do próprio apóstolo Paulo, ungido por Deus para ser apóstolo dos gentios.

Quantos sofrimentos ele não passou às mãos dos crentes da igreja de Corinto, seus próprios filhos na fé!

 Reproduzo apenas uma passagem de sua primeira carta a eles, onde ele revela toda a ironia, veneno, maldade e sarcasmo com que os coríntios o tratavam:

"Já estais fartos, já estais ricos; chegastes a reinar sem nós; sim, tomara reinásseis para que também nós viéssemos a reinar convosco.

Porque a mim me parece que Deus nos pôs a nós, os apóstolos, em último lugar, como se fôssemos condenados à morte; porque nos tornamos espetáculo ao mundo, tanto a anjos, como a homens.

Nós somos loucos por causa de Cristo, e vós, sábios em Cristo; nós, fracos, e vós, fortes; vós, nobres, e nós, desprezíveis.

 Até à presente hora, sofremos fome, e sede, e nudez; e somos esbofeteados, e não temos morada certa, e nos afadigamos, trabalhando com as nossas próprias mãos. 


Quando somos injuriados, bendizemos; quando perseguidos, suportamos; quando caluniados, procuramos conciliação; até agora, temos chegado a ser considerados lixo do mundo, escória de todos.

Não vos escrevo estas coisas para vos envergonhar; pelo contrário, para vos admoestar como a filhos meus amados. 

Porque, ainda que tivésseis milhares de preceptores em Cristo, não teríeis, contudo, muitos pais; pois eu, pelo evangelho, vos gerei em Cristo Jesus. Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores" (1Cor 4:8-17).

Por que é que eu não encontro nesta queixa de Paulo a repreensão, “como vocês ousam se levantar contra o ungido do Senhor?” 

Homens de Deus, os verdadeiros ungidos por Ele para o trabalho pastoral, não respondem às discordâncias, críticas e questionamentos calando a boca das ovelhas com “não me toque que sou ungido do Senhor,” mas com trabalho, argumentos, verdade e sinceridade.

Não toque no ungido do Senhor” é apelação de quem não tem nem argumento e nem exemplo para dar como resposta.


Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.tempora-mores.blogspot.com.br/


*VISITE TAMBÉM: O TEMPORA, O MORES - http://www.tempora-mores.blogspot.com.br/ VALE A PENA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 12 de outubro de 2013

243 - [180] O FILME - 33 MINUTOS QUE IRÃO SACUDIR SEU MUNDO!


Documentário fantástico sobre aborto. São 33 minutos que farão você pensar sobre o assunto. 

Cabe lembrar que o filme possui algumas cenas fortes, então recomendamos cuidado. 

Por fim, esperamos que você valorize a vida humana ainda mais após vê-lo:


*VISITE TAMBÉM: UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 6 de outubro de 2013

242 - OUVINDO A VOZ DE DEUS



Ouvir a voz de Deus é vital para desfrutarmos Seu plano eterno para nossas vidas.

Ouvir a Deus é uma decisão pessoal, ninguém pode fazer isso por nós, Deus não nos forçará a escolhermos a Sua vontade, mas fará tudo que puder para nos encorajar a dizer “sim” aos Seus caminhos.

Deus quer se envolver até nos mínimos detalhes de nossas vidas.

Sua Palavra nos diz que devemos reconhecê-Lo em TODOS os nossos caminhos, e Ele endireitará as nossas veredas (ver Provérbios 3:6).  

Reconhecer Deus é se importar com o que Ele pensa e pedir a opinião Dele.  

O versículo 7 de provérbios 3 diz: “Não seja sábio aos seus próprios olhos”. 

Em outras palavras, nem sequer pense que você pode governar sua vida e fazer um bom trabalho sem a ajuda e a direção de Deus.

A maioria de nós demora demais para aprender esta importante lição.

A Bíblia nos ensina que Deus tem um plano para todos aqueles que colocarem a sua fé (ÚNICA e exclusivamente) em Jesus Cristo como Senhor de suas vidas.

Seu plano é completo em cada detalhe, e conduzirá todos os que O seguirem a uma vida abundante.

Contudo, poucas pessoas desfrutam da realização do plano perfeito de Deus para suas vidas porque a maioria não sabe como ouvir a direção do Senhor e seguí-Lo.

Em vez disso, elas optam por seguirem o seu próprio caminho.  

Nunca hesite em levar a Deus aquilo que você pensa que são pequenas coisas; afinal, tudo é pequeno para Deus.

É crucial conhecer o que a Bíblia diz sobre o papel de Deus em sua vida, porque ela confirma o Seu plano divino de estar INTIMAMENTE envolvido com TUDO que diz respeito a você. 

“Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. 

Então vocês clamarão a Mim, virão a Mim, e Eu os ouvirei. 

Vocês me procurarão e Me acharão quando Me procurarem de todo o coração. 

Eu me deixarei ser encontrado por vocês, declara o Senhor.” (Jeremias 29:11-14).

Jesus disse aos Seus discípulos: “Tenho ainda muito o que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora. 

Mas quando o Espírito da verdade vier, Ele os guiará a toda a verdade.” (Jo 16:12-13) 

Ele também disse que o Espirito Santo continuaria a nos ensinar todas as coisas e traria à memória tudo que Deus declarou em Sua Palavra. (ver Jo 14:26).


Quando disse estas palavras, Jesus estava falando a homens com quem havia passado os três anos anteriores.

Eles haviam estado com eles dia e noite, mas Ele ressaltou que tinha mais a ensinar-lhes.

Jesus disse que deveríamos esperar mais, porque Ele sempre terá algo a nos dizer sobre novas situações que estamos enfrentando.

O livro de João oferece um estudo abrangente sobre a promessa de Deus de nos guiar intimamente.

No capítulo 6, Jesus disse: “Está escrito nos profetas: ‘Todos serão ensinados por Deus’. Todos os que ouvem o Pai e Dele aprendem vêm a mim.” (v. 45)

Deus sabe que precisamos de ajuda para compreender o Seu plano para nós, por isso enviou o Espírito Santo para habitar dentro de todo cristão (aquele que tem Jesus Cristo como seu ÚNICO e suficiente Salvador).

Ele é o nosso Guia, o nosso Mestre da verdade, o nosso Conselheiro, e o nosso Ajudador, Ele também é o nosso Consolador, ou parakleton, que é o “chamado para andar ao lado de alguém”.


Jesus disse que era melhor que Ele partisse, porque se Ele não fosse, o Conselheiro (o Espírito Santo) não viria.

Jesus estava confinado a um corpo assim como nós, e só podia estar em um lugar de cada vez.

Mas o Espírito Santo pode estar em cada um de nós em todo lugar aonde formos, o tempo todo, dirigindo e guiando individualmente cada um de nós que aceita a mensagem da cruz de Jesus, que reconhece a Verdade da Redenção vivida e ensinada por Ele.

Jesus disse: “O Pai lhes dará um outro Conselheiro para estar com vocês para  sempre, o Espírito da verdade. 

O mundo  não pode recebê-Lo, porque não O vê nem O conhece. Mas vocês O conhecem, pois Ele vive com vocês e estará com vocês.

Dentro de pouco tempo o mundo não me verá mais; vocês porém, me verão. 

Porque Eu vivo, vocês também viverão. Naquele dia compreenderão que estou em Meu Pai, vocês em Mim, e Eu em vocês.” Jo 14:16-20


 Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.jesusvivemmim.blogspot.com/


*VISITE TAMBÉM: PC AMARAL - http://www.blogdopcamaral.blogspot.com/ VALE A PENA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 29 de setembro de 2013

241 - EVOLUÇÃO X DEUS - SACUDINDO OS FUNDAMENTOS DA FÉ

 
"A fé (na evolução)* é a grande saída pela tangente, a grande desculpa para evitar a necessidade de pensar e avaliar a evidência." Richard Dawkins (famoso biólogo defensor do ateísmo)

* É óbvio que na frase original de Dawkins não existem as palavras que estão entre parêntesis, mas, considerando o que é exposto no vídeo abaixo, nota-se que tirá-las dali e inserí-las na frase não a tornaria nenhum pouco falsa.

Isto está em pleno acordo com o subtítulo do vídeo: "Sacudindo os fundamentos da fé (evolucionista)."

Seja você criacionista ou evolucionista, assista, e considere melhor a sua necessidade de ter a sua fé bem fundamentada: 




*VISITE TAMBÉM: UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 21 de setembro de 2013

240 - PODE CONFIAR!


Às vezes a vida se torna tão espinhosa que até os cristãos mais fervorosos não se sentem com fé suficiente para proferir a oração que vence barreiras.

Não importa quantos versículos bíblicos memorizamos, nem quantas bênçãos tenham recebido no passado.

Um problema de difícil solução, ou uma série de circunstâncias penosas transformam-se, de repente, numa montanha enorme e irremovível, cuja sombra nos impede de enxergar como DEUS responderá à nossa oração.

DEUS deseja que você saiba que sempre vale a pena aguardar SUAS respostas.

Continue a confiar no SENHOR, não importa o que você esteja passando, seja qual for a situação enfrentada.

A Bíblia diz: "Porque desde a antiguidade ainda não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha por aqueles que nele esperam." (Isaías 64:4)

A fidelidade de DEUS estava tão arraigada no coração do rei Davi que lhe permitiria proferir: “Descanse somente em DEUS, ó minha alma; DELE vem a minha esperança.” Sl 62. 

O entusiasmo de Davi foi o mesmo de Isaias tempos depois – porque o SENHOR prometeu que “aqueles que esperam em mim não ficarão decepcionados.” Is 49:23.

Nenhum (NENHUM) ser humano jamais se decepcionou por haver confiado em DEUS!

Se você está esperando há muito tempo uma resposta à sua oração, lembre-se que as longas esperas geralmente precedem a queda de montanhas enormes.

Continue a orar e não dê ouvidos à dúvida nem ao medo que te dizem: “esta situação é impossível”, “aquela pessoa jamais mudará”, ou “é tarde demais”.

Em vez de permitir que o inimigo de nossas almas tenha a última palavra  na batalha da fé, repita as palavras de DEUS escritas na Bíblia

“O SENHOR é fiel em todas as SUAS promessas e bondoso em tudo que faz” Sl 45:13.

 Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.webservos.com.br/


*VISITE TAMBÉM: RENATO VARGENS - http://renatovargens.blogspot.com.br/ VALE A PENA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

239 - CORRIDA ESPIRITUAL


“Vocês não sabem que dentre todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio.” (1Co 9:24)

Em nossa corrida espiritual, se quisermos vencer, temos que saber lidar com o fracasso.

Devemos dar a volta por cima.

Não podemos cair imersos na culpa.

Seremos desqualificados por desistir.

Davi se recuperou.

Ele desfrutou bons anos depois de seu fiasco.

Apesar de ter também enfrentado as consequências do seu pecado com Bate-Seba, no final Davi deu a volta por cima.

Ele era como um corredor que estava deixando todos os outros comendo poeira quando, então, caiu.

Você pode até pensar que ele fosse admitir sua derrota, mas Davi se levantou e correu até a linha de chegada.
 
Se você quiser correr rápido, tem que correr com leveza. 
 
Você poderia correr 10 quilômetros vestindo cilindros de mergulho? 
 
Acredito que não
 
Assim, quando corremos a corrida da vida, precisamos parar periodicamente para nos perguntar se as coisas diferentes que fazemos são bônus ou ônus
 
Será que darão velocidade em seu caminho, ou irão lhe atrapalhar
 
Estão aumentando seu apetite espiritual ou diminuindo-o
 
Tornam-lhe mais forte ou mais fraco
 
Se alguma atividade está retardando seu ritmo, diminuindo sua fome de Deus, ou fazendo você ficar mais lento, é hora de se livrar dela. 
 
Descarte essas coisas que te puxam para trás e corra do modo mais leve que puder.
 
 Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.jesusvivemmim.blogspot.com/


*VISITE TAMBÉM: PC AMARAL - http://www.blogdopcamaral.blogspot.com/ VALE A PENA.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 31 de julho de 2013

238 - BUSCA RADICAL

A experiência com Deus é sempre inédita.

E cada encontro com Deus será original, nunca previsível.

As religiões, com seus ritos, procuram domesticar o sagrado, mas Deus não se permite engaiolar por qualquer liturgia.

Não existe rede grande o suficiente que prenda o Todo-Poderoso, que é livre para agir como e quando quer.

O Espírito é vento selvagem, veemente.

O Deus que se deixa prender sistematizado não passa de um ídolo.

Em diversas ocasiões Deus manifestou sua presença através de um imenso vazio.

Em outras, “as abas de suas vestes encheram o templo”.

Ele sempre frustrou magos e feiticeiros que prometeram controlar seus atos.

Os verdadeiros profetas sabiam que Deus não se deixa manietar por qualquer amarra.

A experiência com Deus é sempre pessoal, intransferível.

A maneira como cada um entende e percebe o Senhor é única.

Por isso, ele é o Deus de Abraão, Isaque e Jacó.

Ele é o Deus que se relaciona com cada pessoa com absoluto respeito à sua individualidade.

O Senhor conhece as pessoas pelo nome e se manifesta com total consideração com a história de cada um.

Sendo assim, a experiência com Deus requer radicalidade.

Para percebê-lo é preciso um vôo profundo e pleno, igual ao da mariposa que morreu.

Conhecer a Deus tem a ver com um mergulho no mistério, mesmo que tal ato custe a própria existência.

Os que só tangenciam a labareda por curiosidade nada aprenderão sobre o divino.

Na Índia, contam que um mestre meditava à beira do rio.

Seu discípulo se aproximou pedindo ajuda.

Ele reclamava não obter sucesso em seus exercícios espirituais – ansiava encontrar-se com Deus e se frustrava.

O mestre tomou o jovem pela mão, levou-o até o rio e o forçou a ficar debaixo d’água, segurando-o pelo cabelo.

Depois que deixou o rapaz perto de três minutos sem fôlego, puxou-o de volta, deixando que, desesperado, buscasse o ar.

O mestre então arrematou: “se você buscar a Deus com a mesma intensidade como procurou o oxigênio que lhe dá vida, certamente, o achará”.

“Vocês me acharão, diz o Senhor, quando me buscarem de todo o coração”.

Quando cada um, a seu modo, procura conhecer a Deus e se entrega, radicalmente nessa busca, o achará.


Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.poratalalma.com.br/


*VISITE TAMBÉM: RENATO VARGENS - http://renatovargens.blogspot.com.br/ VALE A PENA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 18 de maio de 2013

237 - SINTONIA




A oração nos libera para sermos controlados por Deus. 

Orar é mudar. 

Não há força mais liberadora na vida cristã do que a oração.

Entrar na contemplação do Senhor é nunca mais ser o mesmo.

Banhar-se na luz em espanto silencioso é renúncia alegre, é ser transformado lenta e permanentemente.

Há uma orientação interna mais rica, uma fome mais profunda por comunhão.

Sentimo-nos como se estivéssemos sendo invadidos por um novo centro de controle, e estamos mesmo.

Os patriarcas do povo hebreu são exemplos de comunhão ímpar com Deus.

Não eram homens perfeitos, eram homens que se renderam a Deus até as últimas consequências.

Queriam o direcionamento divino em suas vidas acima de tudo.

Para tanto viviam em oração.

O que é viver em oração?

É passar o dia recitando preces? Lógico que não.

É passar as horas fazendo pedidos a Deus? Também não.  

Viver em oração é estar em SINTONIA com DEUS como estaríamos com um amigo chegado e íntimo. 

É, ao mesmo tempo, ouvir, falar, silenciar, sentir, perceber Sua presença e desejar agradá-Lo, entendê-Lo, obedecê-Lo, com amor.

A oração nos libera, nos liberta para sermos controlados por Deus.

 Parece uma contradição? Parece, mas não é.

A verdadeira liberdade está em viver em Cristo, por Cristo e para Cristo. 

A verdadeira liberdade não é fazer o que queremos, isso é suicídio, pois por nós mesmos, nada de bom podemos ou sabemos fazer. 

Liberdade de verdade é ser conduzido pelo Espirito de Deus, como o foram os patriarcas hebreus. Eles se renderam a Deus, conduziram um povo, viram milagres e fizeram parte da obra do Senhor, que privilégio!

 Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.poratalalma.com.br/


*VISITE TAMBÉM:
UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 6 de maio de 2013

236 - VALE A PENA MORRER!



Para que outros possam viver,VALE A PENA MORRER!

" Portanto, visto que temos este ministério pela misericórdia que nos foi dada, não desanimamos.


Antes, renunciamos aos procedimentos secretos e vergonhosos; não usamos de engano nem torcemos a palavra de Deus. 

Pelo contrário, mediante a clara exposição da verdade, recomendamo-nos à consciência de todos, diante de Deus.

Mas se o nosso evangelho está encoberto, para os que estão perecendo é que está encoberto.

O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.

Pois não nos pregamos a nós mesmos, mas a Jesus Cristo, o Senhor, e a nós como escravos de vocês, por amor de Jesus.

Pois Deus que disse: "Das trevas resplandeça a luz", ele mesmo brilhou em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Cristo.

Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós.

De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados;somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos.

Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, para que a vida de Jesus também seja revelada em nosso corpo.

Pois nós, que estamos vivos, somos sempre entregues à morte por amor a Jesus, para que a sua vida também se manifeste em nosso corpo mortal.

De modo que em nós atua a morte; mas em vocês, a vida.

Está escrito: "Cri, por isso falei". 

Com esse mesmo espírito de fé nós também cremos e, por isso, falamos,porque sabemos que aquele que ressuscitou ao Senhor Jesus dentre os mortos, também nos ressuscitará com Jesus e nos apresentará com vocês.

Tudo isso é para o bem de vocês, para que a graça, que está alcançando um número cada vez maior de pessoas, faça que transbordem as ações de graças para a glória de Deus.

Por isso não desanimamos. 

Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia,pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.

Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno."

Nas palavras de 2 Coríntios ,capítulo 4 que acabamos de ler,para que outros possam viver não só VALE A PENA MORRER como devesse morrer. É necessário morrer para que haja vida.

Assim como a semente que não morre não germina tornando-se incapaz de gerar frutos, aquele que não morre é incapaz de gerar vida.

Se não fosse o sangue derramado do cordeiro, o sangue de todos mártires que vieram antes de nós, se não fossem aqueles que vivem como não pertencessem a este mundo, não seriamos conhecedores das boas novas de vida eterna.

Mas se isto é realmente verdade e o SENHOR teve toda a intenção de dizer em sua palavra exatamente o que ele disse, por que é então que não morremos?

Muitos estão cansados de ver uma igreja que deveria carregar a mensagem da morte, mas não a carrega, por que ela mesma recusa-se a morrer.

Se a ordem é esta, porque é então que não vemos mais vidas sendo geradas, mais nações sendo alcançadas por meio da entrega voluntária da vida por parte daqueles que se intitulam cristãos?

O que chamamos evangelho do REINO DE DEUS, não tem passado de um evangelho do reino dos homens para os homens, desta terra para esta terra e do nosso reino para nós mesmos, para nosso próprio benefício.

Por falta de líderes que preguem o que é preciso ser ouvido e não o que quer ser ouvido, muitos estão adorando novos bezerros de ouro.

O grande bezerro de ouro dos nossos dias é a BENÇÃO!

O grande bezerro de ouro dos nossos dias é a VITÓRIA!

O grande bezerro de ouro dos nossos dias é a PROSPERIDADE!

O que importa é o “MEU” bem estar, é o “MEU” conforto, é a “MINHA” necessidade, é o “MEU” reino, é a “MINHA” vida!

Sete passos para alcançar a BENÇÃO aqui, 40 dias de jejum da VITÓRIA ali, 12 maneiras de ser PRÓSPERO um pouco mais adiante e 318 formas de fazer com que DEUS faça exatamente aquilo que nós queremos que ELE faça!

Afinal o modelo de JESUS de “Não seja feita a minha vontade, mas a sua” serve para JESUS, para o filho de DEUS, não para nós, não serve para a igreja.

Quantos de nós já foram a alguma campanha intitulada  CAMPANHA DO NÉGUESSE A SI MESMO!CAMPANHA DOS 3 PASSOS PARA MORRER! , CAMPANHA DAS 7 MANEIRAS DE AMAR AO SEU PRÓXIMO COMO A SI MESMO!
ou ainda CAMPANHA DOS 40 DIAS DE JEJUM PARA QUE VOCÊ POSSA CARREGAR A SUA CRUZ!

Sejamos realistas, a grande maioria nunca iria a uma campanha dessas, porque o importante é “EU” ter o carro do ano, é “EU” ser abençoado, é mostrar o quão abençoado sou, por que afinal de contas se ando de carro importado é por que DEUS me deu,é muito óbvio que DEUS esteja mais preocupado em colocar dinheiro em minhas mãos para que eu possa comprar coisas caras e tolas do que está preocupado em colocar recursos aos meus cuidados para que eu possa de alguma maneira aliviar a dor dos aflitos.

DEUS é tão bom, sábio e misericordioso que ele prefere que eu compre para mim o meu centésimo par de sapatos do que eu compre algumas marmitas para dar de comer as crianças de rua.

Porque o que importa é encher o “MEU” celeiro, é o “MEU” reino, é a “MINHA” justiça, afinal "EU" trabalhei, "EU" suei, "EU" ganhei é "MEU", "EU" mereço! Não, não foi DEUS quem me deu!

E assim vamos vivendo com se não houvesse morte e DEUS nos livre de pensar em morte,
Coisa negativa não é de DEUS!

Vivemos como se não houvesse morte para que quando nossa hora chegar venhamos a morrem como alguém que nunca quis viver.

Está escrito na palavra de DEUS em Marcos capitulo 8 e Mateus 16 que JESUS começou a ensinar-lhes que era necessário que o filho do homem sofresse muitas coisas e fosse rejeitado pelos líderes religiosos,pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da lei,fosse morto e 3 dias depois ressuscita-se.  

ELE falou claramente a esse respeito.

Então Pedro chamando-o a parte começou a repreendê-lo, veja como desde o inicio a igreja se escandalizou com a idéia da morte, JESUS porem voltou-se e olhou para seus discípulos e repreendeu Pedro dizendo: “Arreda satanás!", você não pensa nas coisas de DEUS, mas nas coisas dos homens, você não está de olho no reino de DEUS, mas está de olho no reino dos homens.

E chamando a multidão e os discípulos disse: “Se alguém quer vim após mim negue-se a si mesmo, tosse sua cruz e siga-me”. Se alguém quiser!

“Portanto se alguém quiser salvar a sua vida a perderá, mas quem perder a vida por minha causa a achará”.

“Pois o que aproveitará o homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma, ou o que dará o homem em troca de sua alma?”
.

“Por que o filho do homem, o filho de DEUS a de vir na glória de seu PAI, ele a de voltar com seus anjos e então retribuirá a cada um conforme a suas obras”.

Quem fizer de tudo para garantir a sua vida neste mundo, não merecerá vida no outro, e quem fizer de tudo para garantir a sua vida no outro mundo perderá a sua vida neste.

Quem viver com os olhos nos tesouros deste mundo receberá somente o que este mundo é capaz de dar, mas quem manter os olhos fixos no tesouro eterno este haverá de receber o que a eternidade tem para dar.

Entendam algo, sabe por que existem religiosos fanáticos que se matam, se suicidam, que dão suas vidas para serem destruídas? Por que eles estão de olho na eternidade.

E sabe por que nós nos recusamos a negar a nos mesmos e entregar o controle de nossas vidas a DEUS? Por que estamos pensando demais nesta vida.

E mais estes fanáticos acabam dando suas vidas por que eles passaram a vida inteira ouvindo de seus mestres que morrer é algo valioso,bom,nobre,honroso que morrer gera vida,claro que tudo isso de um ponto de vista totalmente equivocado.

Mas e a igreja, onde está à igreja,onde estão os que pregam a verdade, os que pregam morram!?

Os mestres de DEUS a gritar Morram! Por amor a CRISTO! Morram por amor a DEUS sobre todas as coisas! Morram!

Os missionários moravianos se vendiam como escravos para poderem pregar aos escravos, por que alguém os ensinou que esta vida não vale a pena ser vivida se não for vivida para DEUS.

Alguém os havia ensinado que para que outros pudessem viver, VALIA A PENA MORRER! Enquanto muitos parecem estar fascinados demais com mestres que pregam vida apenas nesta vida, mestres que destorcem o significado de vida em ABUNDÂNCIA!.

Apesar de tudo isso existem alguns remanescentes que se recusam a se prostar diante dos bezerros de ouro, que se permitem serem afligidos por amor a CRISTO, que entenderam a voz do espírito de CRISTO que deu o exemplo a ser seguido não apenas em vida mas na morte na cruz. E são capazes de dizer “já não sou mais eu quem vivo, mas CRISTO vive em mim”.

Amados a vida é para os que crêem e os que crêem não tem medo da morte, não devem ter medo da morte, quem tem medo da morte não crê e quem não crer não viverá.

A morte é o maior medidor da fé, os que estão dispostos a se sacrificarem,sãos os que crêem.

Termino com um texto bíblico que esta em segunda Timóteo capitulo 4 dos versículos 2 ao 4 que diz assim:

“Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina. 

Pois virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina, os caminhos e pensamentos de DEUS; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus próprios desejos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para as fábulas”, preferindo acreditarem nos mentirosos finais felizes.

Que estes não sejamos nós, para glória de CRISTO JESUS.

Amém


Juliano Son


Que Deus abençoe a todos.


*VALE A PENA, VISITE TAMBÉM: PÚLPITO CRISTÃO - http://www.pulpitocristao.com/  VALE A PENA.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 16 de março de 2013

235 - NA CONTRAMÃO


Ser forte é esperar segurando a mão de Jesus quando não há evidências de vitórias.

Ser valente é ter paciência para esperar o que somente DEUS pode fazer.

Ser firme é passar sereno pelas injúrias.

Ter coragem é manter a calma, olhando para Cristo, no momento de tormenta.

Ter fé é saber ficar quieto, é simplesmente “não fazer” e deixar Deus ser Deus.

Ser destemido é soltar as rédeas de todas as situações e entregá-las ao Senhor, o único onipotente.

O mundo nos impõe uma realidade palpável, visível, porém, falível, efêmera e irreal.

A realidade visível é inimiga da fé, se opõe à esperança.

Para vencer o mundo e suas “verdades” rasas e bobas, para superar o medo, para ganhar os prêmios de Deus, só há uma arma – ORAÇÃO.

Oração não é o último recurso, é o principal segredo dos verdadeiros vencedores, aqueles que Deus abençoa com o definitivamente melhor.

Ande na contra-mão do mundo – renda-se ao ÚNICO Deus, Aquele que se fez homem em Jesus Cristo.

Aquele que justifica, perdoa e salva todos que crêem no Seu ato magnânimo na Cruz do Calvário.

Ande na contra-mão do mundo – ORE! 

Ore a este Deus, creia neste Deus, se alegre neste Deus, viva intimamente com este Deus e confie neste Deus, você não será envergonhado.

“Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” 1 Jo 5:4


Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.tempodevida.blogspot.com/


*VISITE TAMBÉM: TENDA NA ROCHA - http://www.atendanarocha.com/ VALE A PENA.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 5 de março de 2013

234 - ARRISQUE-SE!

Seu objetivo na vida é permanecer confortável, manter o status e evitar os riscos?

Os discípulos rapidamente enfrentaram a desorientação, o cansaço, o medo e a felicidade dos elevados riscos envolvidos em andar na montanha-russa da vida com Jesus.

Com alegria, Paulo, o mensageiro de Deus aos gentios, abriu mão de tudo para andar por terra e marmesmo sendo preso várias vezes e vivenciando tristeza e sofrimento para presenciar demonstrações assombrosas do poder do Espírito Santo.

Como seguidores de Cristo, devemos esperar a presença de riscos, bem como considerar a dor e as perdas da vida como algo normal, até mesmo valioso para a jornada cristã.

Mas é comum nossa resposta parecer se encaixar em um mundo diferente uma ilha da fantasia que promete uma existência agradável e sem dor.

Então, quando surgem as inevitáveis lutas, pensamos: 

“Isso não pode estar certo. 

 Seguir a Jesus não deveria provocar dor”.

A vida provoca dor.

Há momentos em que seguir a Cristo de fato traz sofrimento.

Mas a vida que Deus oferece é de participação, satisfação e alegres progressos.

Para experimentar isso, precisamos nos arriscar.

Em alguns momentos, seguir a Jesus vai doer… e bastante.

Mas quando seguimos a Jesus, a promessa de incrível recompensa está sempre presente… para restaurar nossa confiança e nos ajudar a suportar as provações que nos tornam mais fortes.


Que Deus abençoe a todos.


Fonte:http://www.servofiel.blogspot.com


*VISITE TAMBÉM:
UNIÃO DOS BLOGUEIROS EVANGÉLICOS - http://www.http://www.ubeblogs.net/ VALE A PENA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

domingo, 24 de fevereiro de 2013

233 - EM BUSCA DO SUCESSO

“Então orou: “Senhor, Deus do meu senhor Abraão, dá-me neste dia  bom êxito e seja bondoso com o meu senhor Abraão”  Gênesis 24.12 

Quando você tem um trabalho ou uma responsabilidade importante quer ser bem sucedido. 

A melhor maneira de obter sucesso é ir a Deus e pedir-lhe orientação.

Abraão pedira ao servo que encontrasse a noiva certa para Isaque.  

Esse servo era provavelmente Eliézer, um antigo e leal empregado. 

Eliézer sentiu o peso da responsabilidade e levou o assunto a Deus, em vez de depender de sua sabedoria ou sorte.

Ele pediu um sinal  e, antes que tivesse acabado de orar, Rebeca chegou e lhe ofereceu água.

Que extraordinária resposta à oração!

Mas, quem era Eliézer

Se voltarmos a Gênesis 15.2-3, descobriremos que ele era não só o servo fiel de abraão, como também estava “a ponto de herdar toda a riqueza de seu senhor”. 

Assim, Eliézer não só perdeu sua posição com o nascimento de Isaque como teve de procurar-lhe uma noiva.

Um homem medíocre poderia ficar amargurado por causa do que perdera; poderia ter definido “sucesso” como fazer tudo para voltar ao lugar de honra, a fim de obter a herança.

Um homem medíocre talvez não se importasse com o tipo de noiva que levaria a Isaque. 

Mas não Eliézer. ele estava decidido a realizar bem seu trabalho, e por isso orou para cumprir a tarefa.

Deus se importa com suas responsabilidades.  

Deus se importa com suas responsabilidades.  

Ele deseja que você obtenha sucesso. 

Não tema pedir-Lhe isso. 

Tenha em mente, porém, que Ele pode definir sucesso de modo bem diferente do seu.

Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.tempodevida.blogspot.com/


*VISITE TAMBÉM: VEREDAS MISSIONARIAS - http://veredasmissionarias.blogspot.com.br/ VALE A PENA. Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

232 - FELIZ ANO NOVO EM CRISTO JESUS!

"No novo ano tudo vai ser diferente!Vou deixar meus maus hábitos!"

Você também tomou resoluções desse tipo, usando a mudança de ano como data para uma virada em sua vida?

A cada novo ano, muitas pessoas tomam resoluções radicais para suas vidas.

A mudança de ano vem acompanhada de uma certa aura de transformação, levando-nos a crer que nessa data será mais fácil romper com maus hábitos e superar fraquezas de caráter.

O que sobra de todos esses bons propósitos?

O que resta das decisões tomadas em datas aparentemente significativas?

Talvez alguns se lembrem que no dia 9/9/99 foram realizados muitos casamentos em diversas partes do mundo.

E agora certamente os primeiros desses matrimônios já estão desfeitos.

Harmonia rompida e promessas de fidelidade não cumpridas levaram ao fracasso.

Pedro garantiu certa vez a seu Mestre:

"Ainda que me seja necessário morrer contigo, de nenhum modo te negarei" (Mt 26.35) – mas ele falhou vergonhosamente.

Será que o comportamento desse discípulo não espelha nossos próprios propósitos vãos?

Será que também nós não falhamos repetidamente?

Paulo escreve:

"Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço" (Rm 7.19).

Muitos de nós procuram desculpar e minimizar suas falhas, dizendo:

"Paulo também era assim..."

Mas ele, nessa passagem, procura apenas demonstrar a luta entre o bem e o mal dentro de cada um de nós.

Em outras passagens fica muito claro que ele estava empenhado com todas as suas forças em viver uma vida vitoriosa.

Paulo prosseguia em direção ao objetivo, em direção a Cristo:

"...prossigo para o alvo..." (Fp 3.14).


No caso de Daniel, a chave para sua vida vitoriosa estava muito bem definida.

Ele também chegou ao ponto em que tomou uma resolução:

"Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia" (Dn 1.8).


Daniel conseguiu colocar sua resolução em prática porque, mesmo sob ameaça de morte, em nenhuma circunstância deixou de orar três vezes por dia ao seu Deus:

"três vezes por dia, se punha de joelhos, e orava, e dava graças, diante do seu Deus, como costumava fazer" (Dn 6.10b).


Esse hábito era algo natural para ele.

Mas é justamente nesse ponto que todos os nossos bons propósitos falham.

Estamos dispostos, temos o firme propósito de deixar de lado maus hábitos e velhos defeitos.

Dizemos a nós mesmos:

"A partir de 1º de janeiro vai ser para valer!"


Mas falharemos vergonhosamente mais uma vez se apenas deixarmos os maus costumes de lado, sem nos habituarmos a levar uma vida realmente voltada para Deus.

Como está nossa relação com Deus?

Tornou-se hábito para nós ler Sua Palavra, orar e servi-lO?

Acerca de Jesus está escrito:

"E, saindo, foi, como de costume, para o monte das Oliveiras; e os discípulos o acompanharam. Chegando ao lugar escolhido, Jesus lhes disse:

Orai, para que não entreis em tentação" (Lc 22.39-40).


É nesse sentido que o blog CAMINHO PLANO deseja a todos um ano muito abençoado, um ano em que nossos hábitos e costumes nos levem para mais perto de nosso Senhor e Mestre.

"Orai, para que não entreis em tentação!"

FELIZ ANO NOVO EM CRISTO JESUS!



Que Deus abençoe a todos.


Fonte: http://www.chamada.com.br


*VISITE TAMBÉM:
MINISTERIO BEREIA - http://ministeriobbereia.blogspot.com/2011/12/como-vai-ser-2012.html - VALE A PENA
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template Rounders modificado por ::CAMINHO PLANO::
| 29/11/2008 |