sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

21 - PULANDO O CARNAVAL


A real origem do carnaval é uma tanto obscura. Alguns historiadores relacionam sua origem com as festas populares em homenagem aos deuses Saturno e Baco (deus de origem grega conhecido como Dionísio e responsável pela fertilidade).Era também o deus do vinho e da embriaguez.

As famosas bacanais eram festas acompanhadas de muito vinho e orgias, e também caracterizadas pela alegria descabida, eliminação da repressão e da censura e liberdade de atitudes críticas e eróticas.

Trata-se, portanto de uma manifestação popular contaminada de obras da carne, condenadas pelas Sagradas Escrituras.

Seja em qualquer capital do país, sempre se verá bebedeiras desenfreadas, danças sensuais, música depravada, nudez, promiscuidade sexual e falta de respeito com as autoridades civis e religiosas.Alguma semelhança com as festas citadas acima?

Então, qual deve ser a posição do cristão diante do carnaval? Devemos sair de cena para um retiro espiritual, conforme o costume de muitas igrejas, a fim de não compactuarmos com os costumes dos filhos da desobediência? (Ef. 5.6-7).

Há quem justifique como estratégia evangelística a participação efetiva na festa do carnaval, desfilando com carros alegóricos e blocos evangélicos.

Então lá vai a pergunta:

Será que deveríamos freqüentar boates gays, casas de massagem, sessões espíritas, terreiros de macumba a fim de conhecer melhor a ação do diabo e investir contra elas, correndo sério risco de nos contaminarmos ou deveríamos traçar estratégias melhores de evangelismo?

A bíblia diz que quem se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela.(I Coríntios 6 : 16). Aplicando essa verdade a festa em questão,faz-se portanto um único bloco carnavalesco da escola de samba UNIDOS EM SUA PROSTITUIÇÃO.

Como cristãos não podemos concordar e muito menos participar de tal comemoração, que vai contra os princípios claros da Palavra de Deus:

¨Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito¨ (Rm 8.5-8).

¨Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus¨ (1 Co 6.20).


Portanto amados irmãos lancemos mão da sabedoria que temos recebido do Senhor e optemos pela melhor atividade para a nossa igreja nesse período tão sombrio que é o carnaval. A igreja jamais pode ser omissa quanto a esse assunto. O cristão deve ser sábio ao tomar sua decisão, sabendo que:¨Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais todos nós andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus¨. (Ef 2.2-6).

SEDE SANTO
PULE (NO SENTIDO DE EVITAR É CLARO;PULAR ESSA PARTE) O CARNAVAL!!!


REFERÊNCIA:http://www.icp.com.br/31materia1.asp

A paz do Senhor

Por Odair Mercham Junior Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template Rounders modificado por ::CAMINHO PLANO::
| 29/11/2008 |