quinta-feira, 1 de outubro de 2009

69 - EM ESPÍRITO E EM VERDADE


"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o PAI em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem", (João 4: 23).

Esta passagem, embora bastante conhecida, ainda não é bem compreendida por muitos cristãos.

Para compreendê-la, adequadamente, precisamos procurar analisar o significado individual das palavras nela utilizadas.

1ª- ADORAR: Muitas pessoas pensam que ADORAR consiste em simplesmente orar e cantar louvores. Na verdade isso é apenas cultuar; ADORAR é muito mais profundo do que isso.

Veja que enquanto amar significa se relacionar com plena igualdade, seja na dor, na alegria etc; ADORAR significa se submeter e servir, seja na dor, na alegria etc. (quem ama, divide, compartilha; quem adora, se prostra, se submete aos ensinamentos e ordenanças com total confiança).

2ª- ESPÍRITO: A palavra ESPÍRITO está relacionada à alma, à parte do ser humano que não tem aparência física, mas controla todo o corpo semelhantemente ao "software" nos computadores e robôs. Referir-se ao ESPÍRITO é referir-se a parte não-aparente, porém, a mais importante.

3ª- VERDADEIRO: A palavra VERDADEIRO significa sem falsidade, sem hipocrisia; de coração puro.

Então, a afirmação: "Os verdadeiros adoradores adorarão o PAI em espírito..."; em outras palavras poderia ser traduzida assim: os verdadeiros servos servirão ao PAI com o interior da alma, isto é, por vontade própria e sem produzir aparências inúteis tais como discursos demagogos, orações repetitivas, histerias em praça pública, etc.

Já a segunda afirmação: "Os verdadeiros adoradores adorarão o Pai... em verdade"; ficaria assim: os verdadeiros servos servirão ao Pai... Sem falsidade, sem hipocrisia e de coração puro, isto é, por entendimento e convicção e não por obrigatoriedade desta ou daquela tradição.

Não é pelo que aparentamos nem pela obediência cega que faremos a vontade do PAI. O verdadeiro adorador segue a orientação de DEUS buscando uma conduta pura e irrepreensível independentemente dos costumes desta ou daquela Denominação.

O EXTREMISMO, tanto no que diz respeito ao tradicionalismo religioso, quanto no que diz respeito a alucinações espiritualistas, não representa a vontade de DEUS.

Então, se não é pela parte aparente que DEUS nos avalia,de que maneira poderemos identificar as pessoas que fazem realmente a vontade do PAI?

Na verdade, analisando apenas as aparências fica muito difícil de identificá-las; pois o verdadeiro cristão não se preocupa em produzir aparências.

Observe a orientação de JESUS CRISTO descrita em Mt. 6.3-7:

“Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita;Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente.

E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.

Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu PAI, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.”


Portanto, não temos a capacidade e a legitimidade de julgar e condenar esta ou aquela pessoa por não possuir a "aparência cristã" que nós esperávamos. Somente AQUELE que vê em secreto o pode fazer sem medo de errar.

Precisamos meditar sobre isso antes de intentarmos julgar quem vai para o céu e quem vai para o inferno, seja ao nosso redor, seja na nossa cidade, na nossa nação ou nas nações estrangeiras.

Não podemos esquecer que é pelo fruto que se conhece uma árvore, e não pela sua aparência.

A ADORAÇÃO é proveniente da obra criativa de DEUS (nova criatura), pois quem dentre as suas criaturas poderá dar honra, glória e louvor a DEUS se não nascer de novo? É por isso que DEUS faz todas as coisas para e em louvor de sua glória!

A palavra ADORAÇÃO assim como outras palavras admiráveis como “GRAÇA” e “AMOR” podem ser mais facilmente experimentadas do que descritas. Por encontrar-se intimamente ligada ao conhecimento (revelação) que temos da pessoa de DEUS em nós.

Realmente a forma mais popular de ADORAÇÃO é por meio de sua associação ao culto a DEUS através da música (cânticos e hinos).

Mas não podemos permanecer só nisso.ADORAR não é ficarmos em pé com olhos fechados e as mãos levantadas aos domingos nos cultos em nossas igrejas.

Sejamos legítimos ADORADORES em todos os lugares onde estirvermos e em tudo o quanto fizermos; completamente obedientes e submissos a vontade do PAI. Adorando-o principalmente com nossos exemplos de vida cristã.

Sempre EM ESPÍRITO E EM VERDADE.

Que DEUS nos abençoe.

Referência:http://protestante.renascebrazil.com/


Por Josué Miguel da Silva



Sempre *VALE A PENA, VISITE: ESTUDOS BÍBLICOS POR EMAIL - http://estudosbiblicos-email.blogspot.com/ Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Template Rounders modificado por ::CAMINHO PLANO::
| 29/11/2008 |